quinta-feira, 19 de março de 2015

Hierarquia


















Cumpre a regra.
Rega a flor.
E Floreia-se.
Regressa à alma,
Ama a calma
E despenteia-se
Ao acordar
-Acordo assinado-
Analisando os fonemas,
No telefone a voz ecoa
E voa
Livre
Leve
Leve-me
Onde eu exista.
E não seja pessimista
Nem tenha medo da chuva.
E que chova sentimentos,
Que eu viva os momentos
Sem me preocupar com essa anarquia
E deixe de me importar com essa hierarquia
De quem ditas as regras

Que eu cumpro docemente...

2 comentários: